Brenco obtém Licença de Instalação para usina em Costa Rica

A Brenco (Companhia Brasileira de Energia Renovável) obteve do Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul (Imasul) a Licença de Instalação para uma usina de bioenergia, no município de Costa Rica, MS. A unidade terá capacidade para processar 3 milhões de toneladas de cana por safra, para produção de 285 mil m³ de etanol.

O início das operações está previsto para o primeiro semestre de 2011. Além de produzir álcool anidro e hidratado, a Unidade terá potência instalada para cogeração de até 144 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana, destinada ao consumo próprio e à comercialização para terceiros. A usina deve gerar 1,8 mil empregos diretos.

A Brenco repassará ao Imasul cerca de R$ 1,2 milhão para implantação e manutenção de Unidades de Conservação Ambientais na região. Costa Rica fará parte do Pólo 2 de produção da Brenco, que terá capacidade de moagem combinada de 10 milhões de toneladas por safra e outras duas unidades previstas em Paranaíba, MS, e Itajá, GO.

A Brenco pretende investir cerca de R$ 5,5 bilhões até 2015 para implantação de pólos bioenergéticos com 10 unidades industriais com capacidade para produzir 3,8 bilhões de litros de etanol por ano. A empresa estima que esse volume represente algo em torno de 10% da produção nacional e 5% da produção mundial do biocombustível.

Já o potencial de cogeração deve atingir 900 MW, sendo 300 MW para consumo próprio e 600 MW para oferta ao mercado. O projeto inclui o desenvolvimento de uma infra-estrutura logística integrada para o escoamento da própria produção e a de terceiros, além das atividades de comercialização do etanol.

X