Brasil vai fornecer etanol para a Fórmula Indy

O Brasil deverá fornecer etanol para o campeonato da Fórmula Indy. O anúncio foi feito na segunda-feira, durante a abertura do Congresso Internacional de Biocombustíveis, em São Paulo. Na segunda-feira, a APEX-Brasil assinou um primeiro entendimento com a Indy Racing League visando o patrocínio da Fórmula Indy, principal categoria do automobilismo mundial movida exclusivamente a etanol desde 2007.

Para o presidente da Unica (União da Indústria da Cana-de-Açúcar), Marcos Sawaya Jank, a iniciativa contribui para o aprofundamento da parceria natural entre Brasil e Estados Unidos. Os dois países são os principais produtores e consumidores de etanol e juntos respondem por mais de 75% do etanol mundial.

Há três semanas, a Unica foi informada sobre a negociação entre a APEX-Brasil e a IRL, parceria que tem como objetivo principal o aproveitamento da temporada dessa categoria automobilística como veículo para viabilizar a promoção de diversos produtos brasileiros nos mercados onde ocorrem as competições da Indy: Estados Unidos, Canadá e Japão.

Durante a abertura do evento, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, destacou a iniciativa e exaltou o álcool combustível como a principal alternativa ao combustíveis derivados de petróleo.

X