Brasil quer sair da associação do açúcar

Para iniciativa privada, atuação da entidade dá espaço ao protecionismo dos EUA e Europa. O Brasil, maior produtor e exportador de açúcar do mundo, quer abandonar a Organização Internacional do Açúcar (OIA), com sede em Londres. O setor privado pediu ao governo brasileiro para sair dessa entidade que reúne 78% dos produtores e 55% dos consumidores de açúcar. Os produtores brasileiros reclamam que a atuação da entidade dá espaço para o protecionismo dos Europa e dos Estados Unidos. (Gazeta Mercantil)

X