Brasil propõe comprar álcool argentino

O Brasil poderá comprar álcool argentino para poder vender açúcar àquele país sem taxa. A proposta foi pelo ministro da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento, Roberto Rodrgiues, ao chefe da pasta argentino, durante a primeira reunião do Conselho de Agropecuário do Sul (CAS), formado pelos países do Mercosul mais Chile e Bolívia.

Foi criado um impasse entre os dois países desde que o Parlamento argentino transformou em lei a taxação de 20% sobre as importações do produto nacional. “O Brasil compraria esse álcool, e os argentinos suspenderiam as restrições ao nosso açúcar”, explicou Rodrigues.

De acordo com a proposta, o Brasil poderia financiar a instalação de usinas de álcool na Argentina, o que representaria também a transferência de tecnologia àquele país.

X