Brasil ocupa segunda posição na América Latina em segurança alimentar

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Entre os países da América Latina, o Brasil registra melhora ao ultrapassar o México e ocupar a segunda posição na região, ficando atrás apenas do Chile na questão segurança alimentar, segundo um estudo realizado pelo  Economist Intelligence Unit (EIU), unidade de pesquisa do grupo The Economist, ao apresentar a atualização do Índice Global de Segurança Alimentar, lançado em julho de 2012 com o patrocínio da DuPont. Segundo o documento, o Brasil foi bem avaliado principalmente por seu compromisso com padrões nutricionais e pela volatilidade da produção agrícola. “No entanto, a infraestrutura agrícola e PIB per capita ainda são os grandes desafios em segurança alimentar no país”, aponta o estudo.

O ranking analisa os maiores desafios e vulnerabilidades relativos à segurança, acessibilidade e qualidade alimentar em 105 países, incluindo o Brasil. O objetivo principal deste estudo – que é atualizado a cada trimestre para medir o impacto da flutuação mundial dos preços dos alimentos na segurança alimentar de cada país – é traçar um panorama global sobre a questão alimentar e indicar melhorias e oportunidades.

De forma global, o Brasil melhorou sua posição no ranking e agora ocupa a 29ª posição (antes, o país ocupava a 31ª colocação). Segundo os pesquisadores do EIU, a performance está relacionada à maior resistência frente as flutuações dos preços globais de alimentos, especialmente pela ligeira melhora na renda do país e de sua população. Outro ponto a destacar é que outros países registraram queda em seu desempenho por problemas econômicos e sociais, impactando a segurança alimentar. Mais informações sobre o país estão disponíveis no site http://foodsecurityindex.eiu.com.

img7058

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.