Brasil importa menos petróleo de países árabes

O Brasil reduziu suas importações de petróleo dos países árabes e isto fica bem claro na consolidação da balança comercial entre o País e as nações árabes do primeiro trimestre deste ano. Os resultados foram anunciados pelo presidente da Câmara do Comércio Árabe Brasileira Paulo Atallah: “o Brasil já pode comemorar a consolidação dos bons resultados de sua balança comercial com o mundo árabe”. Houve uma queda de 56% nas importações por parte dos brasileiros dos países árabes, sendo que a maior parte destas compras eram representadas pela importação de petróleo.

O balanço mostra que nos três primeiros meses do ano, as exportações do país para aquela região chegaram à US$ 503 milhões, 14% acima dos US$ 440 milhões obtidos no mesmo período do ano passado. Ao mesmo tempo, as importações tiveram redução de 56%, caindo de US$ 860 milhões no primeiro trimestre de 2001 para US$ 380 milhões em 2002. Essa virada de mesa, além de produzir um saldo de US$ 123 milhões de janeiro a março deste ano, ainda reverteu o déficit de US$ 420 milhões registrados no primeiro trimestre de 2001. “Somados os recursos que entraram e os que deixaram de sair do país, chegamos a um resultado de US$ 543 milhões. Esta expansão do comércio com o mundo árabe representa a metade do saldo geral da balança comercial brasileira nos três primeiros meses deste ano, que foi de US$ 1,1 bilhão”, ressalta Paulo Atallah, lembrando que os resultados positivos não são apenas sazonais. O saldo comercial com os países árabes acumulado nos últimos 12 meses de abril de 2001 a março de 2002 chegou a US$ 450 milhões. (O Estado de S. Paulo)

X