Biosev tem prejuízo líquido de R$ 600,4 milhões na safra 16/17

A companhia sucroenergética Biosev registra prejuízo líquido de R$ 600.429 milhões no exercício encerrado em 31/03/2017, referente a safra de cana-de-açúcar 2016/17.

O montante é 32% inferior ao prejuízo líquido de R$ 884.538 milhões registrado no exercício concluído em 31/03/2016.

As informações foram divulgadas pela área de Relações com Investidores da Biosev em 01/06 último.

Conforme o relatório das demonstrações de resultados, “a capacidade de a Companhia continuar com a normalidade das suas operações depende da obtenção de capital adicional, da renovação de linhas de crédito e, em última instância, da geração de operações lucrativas.”

“Especificamente, os níveis de endividamento da Companhia e das controladas podem ter consequências importantes para o negócio, inclusive para a capacidade de financiar o capital de giro e de suportar desembolsos de capital recorrentes, tendo em conta os recursos necessários para pagar o serviço da dívida”, relata o documento.

O relatório detalha: “embora não haja garantias que a Companhia conseguirá gerar fluxos de caixa suficientes para financiar as operações e atender sua dívida, a Administração espera que os saldos de caixa atuais, a liquidez e disponibilidade de suas linhas de créditos, e as operações devem ser suficientes para atender o capital de giro, despesas de capital, serviço da dívida e outras necessidades para o próximo exercício.”

Mais: “caso a Companhia não consiga gerar caixa suficiente para suportar suas operações em andamento, será necessário buscar financiamento adicional da dívida. A Companhia pode refinanciar toda ou parte de sua dívida, o que pode exigir compromissos mais onerosos e todos os seus impactos.”

Renovação de linhas

“A Companhia tem tido sucesso em renovar linhas de crédito e em receber suporte contínuo do acionista controlador através de adiantamentos para vendas futuras”, relata o documento. “Nesse sentido, durante o exercício, a Companhia conseguiu renovação de parcela relevante das linhas de crédito bancário por pelo menos 2 anos, envolvendo recursos de cerca de R$1.910.000 (ACC Umbrella de US$430.000 e linha de pré-pagamento de exportação de US$167.000) bem como recebeu adiantamentos de parte relacionada de cerca de R$735.000.”

“A Administração também considera possibilidades de captações de recursos em novas operações de pré-pagamento de exportações (trade finance) e ainda de realização de oferta pública de ações no Brasil e no exterior (conforme fatos relevantes anteriormente divulgados).”

Clique aqui para ler as demonstrações financeiras da Biosev em PDF.

 

X