Benefícios dos biocombustíveis no transporte público são apresentados em BH

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Seminário “O Uso dos Biocombustíveis no Transporte Público de Belo Horizonte”, promovido nos dias 8 e 9, pela Prefeitura de Belo Horizonte – Secretaria de Meio Ambiente – em parceria com a Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (SIAMIG) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Belo Horizonte (SETRA-BH) contou com a participação de 200 pessoas. Diversas experiências com etanol e biodiesel foram apresentadas no evento. O gerente de negócios da SCANIA, João Paulo Dionelo, destacou que desde 1990, uma frota de 600 ônibus movidos a etanol, opera em Estocolmo, capital da Suécia, onde os veículos são produzidos pela empresa.

O Brasil testa, há três anos, ônibus movidos a etanol, mas só em 2010, a prefeitura de São Paulo assinou um protocolo de intenções que tem como meta a introdução de um lote inicial de 50 ônibus movidos a etanol no transporte urbano. “Os resultados têm mostrado redução de emissões,e a mais significativa aparece no dióxido de carbono, onde a queda chega a 90% na comparação com o diesel”, lembra Dionelo.

O prefeito Márcio Lacerda também destacou o benefício ambiental do etanol e do biodiesel (hoje já incluso na mistura de 5% do diesel). O Secretário de Meio Ambiente, Nívio Lasmar, citou as alternativas de uso de combustíveis renováveis apresentadas durante o evento pelas prefeituras de São Paulo (com uso do etanol), Rio de Janeiro e Curitiba (com ampliação da utilização do biodiesel).

Luiz Custódio Cotta Martins, presidente do Siamig, enfatizou a necessidade de dar andamento às discussões com a formação de um grupo que possa avaliar in loco as experiências apresentadas como a de Curitiba, a fim de se implantar um sistema semelhante em Belo Horizonte, segundo informações do Siamig.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.