Barralcool inicia campanha para prevenção de acidentes

img4791

Em todo o período de entressafra as usinas sucroalcooleiras priorizam a manutenção dos seus equipamentos e para garantir o desempenho da função com segurança foi proibido no Grupo Barralcool o uso da camisa de uniforme para fora da calça e dos jalecos abertos, assim como a utilização de adornos nas atividades que correm o risco de “agarramento”. Segundo a empresa, até algumas adaptações nos uniformes já serão realizadas neste ano; com aumento no comprimento das camisas, proteções dos botões e calças com passantes para cintos e cordões internos. 

Segundo o gerente responsável pelo departamento de segurança do Grupo Barralcool, Newton Granja, estas indicações já são realizadas há várias safras, mas neste início de ano o Grupo definiu realizar uma campanha com auxilio de murais, DDS (dialogo diário de segurança) e informativos, pois existe o trabalho da entressafra e o risco neste período é proporcionado pelos auxílios dos colaboradores à outros setores. 

“Temos o DDS diariamente realizado pelos coordenadores e líderes das áreas e é neste momento que são abordados estes temas de segurança como a utilização correta dos uniformes e Epi’s, evitando assim os acidentes ocasionados por máquinas, equipamentos e ferramentas com partes móveis utilizadas no trabalho, portanto é fundamental tomar os cuidados adequados para cada tarefa desempenhada” explica o gerente.

A empresa explica que várias lesões acontecem quando alianças, correntes, pulseiras entre outros se enroscam em superfícies salientes, podendo ocasionar ferimentos e até amputações. “Engrenagens, correias, eixos, placas ou qualquer ferramenta rotativa, pode puxar, prender e enroscar em um desses objetos. Além da segurança habitual o Grupo conta com as normas certificadoras ISO 9001 e a ISO FSSC PAS -22000, onde o uso de adornos na área de fabricação alimentícia é também terminantemente proibida”, diz Granja.

X