Banco suíço emprestará 1 bilhão de reais para usinas nordestinas

Produtores nordestinos aguardam com ansiedade a liberação de um empréstimo no valor de 1 bilhão de reais destinado ao pagamento de 250 milhões de reais em dívidas atrasadas com fornecedores de cana, renovação dos canaviais da região e para a retomada da produção de açúcar e etanol das usinas.

Edgar Leahy Antunes, presidente da Asplana
Antunes, da Asplana: dívida com fornecedores de cana é de 250 milhões

Edgar Leahy Antunes, presidente da Asplana — Associação dos Plantadores de Cana de Alagoas, falou com exclusividade ao Portal JornalCana, que usineiros da região traçaram um plano para conseguir o financiamento com o banco Credit Suisse, propondo oferecer como garantia suas cotas preferenciais americanas e tendo o governo federal brasileiro como avalista.

No dia 30 deste mês em Brasília/DF haverá uma reunião entre uma comissão especial do governo federal e o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério. O sindicalista apresentará toda documentação necessária para confirmar a situação cotas preferenciais das usinas. Uma vez aprovada a documentação pela comissão especial, o governo federal confirmará seu papel de avalista do financiamento. Com isto, o banco suíço deve liberar o empréstimo até o dia 20 de abril.

X