Banco chinês libera R$ 10 milhões para usina de cana de Goiás

chA companhia sucroenergética Jalles Machado S. A., com duas unidades em Goianésia (GO), acaba de oficializar operação de financiamento entre a controlada Vera Cruz Agropecuária Ltda. e o banco China Construction Bank (CCB).

Leia mais: Fitch revisa nota da Jalles Machado

A operação é na modalidade Cédula de Crédito de Exportação (CCE) no valor de R$ 10 milhões. Conforme apurou o Portal JornalCana, a CCE tem o número 128559.

Leia mais: Jalles Machado recorre a banco

A oficialização junto ao CCB contou com a participação dos seguintes executivos e acionistas da Jalles Machado: Ricardo Fontoura de Siqueira, João Pedro Braollos Neto, Gibrail Kinjo Esber Brahim Filho, Silvia Regina Fontoura de Siqueira e Clóvis Ferreira de Morais.

Conforme o estatuto social da companhia sucroenergética, a diretoria executiva fica autorizada a prestar aval, ou comparecer na qualidade de devedor solidário na operação de financiamento junto ao banco chinês.

Saiba mais sobre o CCB Banco: 

Desde 16 de dezembro de 2015, o China Construction Bank adotou sua marca global no Brasil, passando a se chamar CCB Brasil. A instituição incorporou o Bicbanco.

O CCB é o segundo maior banco da China e o quarto maior do mundo listado em valor de Mercado. Com 60 anos de atuação, possui US$ 2,7 trilhões em ativos, 350 mil funcionários, 14.800 agências e 26 subsidiárias fora da China.

Na condição de banco múltiplo, o CCB Brasil  intensificará sua relação com o mercado corporativo nacional por meio dos seus 37 pontos de atendimento, em todas as regiões do país, e também será um importante elo na relação de negócios sino-brasileira.

Contate o autor deste conteúdo: delcymack@procana.com.br

 

 

X