Balança do agronegócio tem superávit de US$ 6,6 bi em junho

A balança comercial do agronegócio registrou, em junho, superávit de US$ 6,6 bilhões, o melhor resultado do ano, segundo o Ministério da Agricultura. O resultado foi impulsionado pelo aumento dos embarques dos complexos soja (48,9%) e sucroalcooleiro (21,6%) e de fumo e seus produtos (54%).

As exportações totalizaram US$ 7,3 bilhões, aumento de 12% em relação a junho do ano passado. Em reais, as exportações no mês que passou somaram R$ 14,3 bilhões e as importações, R$ 1,4 bilhão, com saldo de R$ 12,9 bilhões.

Em nota, o Ministério informa que o aumento das exportações do complexo soja se deveu ao maior volume de soja e farelo embarcado. Em junho, as exportações de soja em grão cresceram 71,3% em relação ao mesmo período do ano passado, passando de US$ 1,5 bilhão para US$ 2,577 bilhões. O número resultou do aumento de 74,2% no volume exportado com preços 1,7% inferiores ao mesmo mês do ano anterior.

O volume embarcado o farelo de soja foi 11,1% superior ao de junho de 2008 e o preço médio do produto aumentou 8,4%. O valor exportado foi 20,4% maior, com uma receita de US$ 537 milhões. Já as vendas externas de óleo de soja caíram 39,7%, resultado do menor volume exportado (-1,5%) e da queda de 38,8% no preço médio.

sucroalcooleiro – Ainda de acordo com o Ministério da Agricultura, aumentou a receita das exportações do complexo sucroalcooleiro, que passou de US$ 703 milhões para US$ 855 milhões, com salto de 39,7% nas exportações de açúcar sobre junho de 2008 e receita de US$ 706 milhões. O preço e o volume das exportações cresceram, respectivamente, 13,3% e 23,3%. Já as vendas de álcool para outros países caíram, em dólar, 24,5%, totalizando US$ 150 milhões. Essa queda deve-se à redução do preço, de 24,4%. O volume exportado ficou relativamente estável, com queda de apenas 0,2%.

As importações do agronegócio caíram 24,1% em receita no mês de junho, de US$ 950 milhões para US$ 721 milhões. As despesas com compras de trigo caíram 15% no mês, de US$ 143 milhões para US$ 108 milhões, ainda que o volume tenha crescido 34% ante o mesmo mês do ano passado. Segundo o Ministério da Agricultura, o preço médio do grão importado caiu 43,7% em junho ante junho de 2008.

Entre julho de 2008 e junho de 2009, as exportações brasileiras do agronegócio totalizaram US$ 69,4 bilhões. O valor equivale a um aumento de 6,1% sobre o período de julho de 2007 a junho de 2008. As importações foram 8,4% superiores aos 12 meses anteriores, com compras de US$ 11,2 bilhões. Como resultado, o superávit comercial acumulado atingiu US$ 58,2 bilhões.

Os embarques de produtos de origem vegetal cresceram 10,8% no período analisado, somando US$ 52,36 bilhões. Os destaques foram o complexo soja (óleo, farelo e grão), com US$ 19,1 bilhões, e o complexo sucroalcooleiro, US$ 8,6 bilhões, que tiveram aumento, respectivamente, de 27,3% e 33,3%. O setor de produtos de origem animal, por sua vez, apresentou queda de 5,9%. As informações são da assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura.

X