Balança agropecuaria: saldo do trimestre foi de US$ 2,46 bi

A balança comercial agropecuária registrou saldo de US$ 2,46 bilhões no primeiro trimestre deste ano, com queda de 11,35% sobre o mesmo período do ano passado quando o superávit foi de US$ 2,77 bilhões. Os dados são da Confederação da Agricultura e da Pecuária do Brasil (CNA), apresentados ontem (02/05) na sede da entidade, em Brasília. Houve redução de 12,26% na receita cambial obtida nos três meses, com exportações de US$ 3,41 bilhões, e diminuição nos volumes embarcados de 10,76%, com os embarques somando 8,3 milhões de toneladas.

O desempenho mais fraco no trimestre foi motivado pela queda de 23% nas exportações do complexo soja. Os negócios do segmento totalizaram US$ 518,32 milhões, abaixo dos US$ 77,9 milhões do primeiro trimestre de 2001.

O resultado negativo ocorreu pelo atraso dos embarques, porque os produtores estavam esperando melhora nos preços e pelo período da entressafra. Mas a previsão da CNA é que os embarques sejam retomados, com a entrada da safra recorde de 43 milhões de toneladas do grão, cujo pico acontece de abril a setembro.

As exportações do açúcar tiveram queda de quase 20% no primeiro trimestre, somando US$ 340 milhões, enquanto que em 2001 foram de US$ 419 milhões. Houve recuo nos preços de até 13% e nos volumes de 6,8%. O café também foi muito afetado pela manutenção das baixas cotações que chegaram a uma redução de 36%. A receita cambial ficou em US$ 756,4 milhões. Mas os volumes exportados aumentaram 21,6% totalizando 285 mil toneladas.

X