Aumento da demanda por energia da indústria será de 54,3% até 2016

O crescimento da demanda por energia da indústria paulista, até 2016, que deverá ser de 54,3% – 4,4% ao ano, em média –, será maior do que a necessidade de consumo em todo o Estado de São Paulo, nos próximos dez anos, que têm uma previsão de aumento de 37,6% – crescimento médio anual de 3,2%. Esses dados fazem parte da revisão anual da publicação “Matriz Energética”, da Secretaria da Energia, Recursos Hídricos e Saneamento do Estado de São Paulo, que será lançada na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na terça-feira, 16 de maio, a partir das 18h30.

De acordo com a Agência Indusnet Fiesp, a publicação demonstra que a dependência estadual de algumas fontes primárias de energia se manterá, apesar da tendência de crescimento da produção ser maior do que a demanda. Para o gerente do Departamento de Infra-estrutura da Fiesp (Deinfra), Pedro Cauvilla, o lançamento da publicação possibilita uma reflexão sobre a dependência estadual. Segundo ele, a matriz é uma ferramenta fundamental na definição das políticas públicas e das diretrizes do setor.

X