Asplan auxilia produtor para financiamento de safra

Só em janeiro deste ano, o conjunto das propostas dos plantadores de cana da Paraíba, para financiamento da safra junto a instituições financeiras, ultrapassou a casa dos R$ 10 milhões. Em 2010, o valor alcançou R$ 7.950.638,45. O cálculo é do Departamento Técnico (Detec) da Asplan (Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba).

A Asplan está auxiliando os produtores na elaboração de projetos técnicos e financeiros para renovação e aquisição de recursos direcionados ao custeio da adubação do solo e plantio da safra de cana-de-açúcar 2011/12. As instituições financeiras são: Banco do Brasil, Banco do Nordeste do Brasil, Bradesco e HSBC.

De acordo com o presidente da Asplan, Raimundo Nonato Siqueira, a proposta da entidade é auxiliar o produtor para que ele consiga melhorar a plantação. O serviço é gratuito aos associados. Para desenvolver um projeto similar aos elaborados pelo Detec, as empresas particulares que atuam no mercado local cobram entre 0,5% e 2% do valor financiado.

O geotecnólogo da Asplan, Thybério Luna, informa que antes de procurar a entidade o produtor deve atualizar os dados cadastrais nas instituições financeiras. “Este tipo de cadastro prévio é necessário porque é um pré-requisito para dar entrada na documentação do processo de obtenção do recurso”, orienta Thybério.

O Detec da Asplan funciona de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h, na sede da entidade – rua Rodrigues de Aquino, 267, Centro de João Pessoa, PB. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3241-6424.

X