Argentina planeja produzir biocombustíveis a partir de uvas

A empresa Argentina Lomas del Sol, em Córdoba, na Argentina, dedicada ao cultivo e processamento de uvas, está desenvolvendo junto com o Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA) um projeto para produzir etanol com uvas nativas de menor valor comercial. O novo biocombustível está sendo chamado ‘alcomosto’.
Segundo a imprensa local, o projeto exigiria entre 130 e 260 milhões de quilos de uva, a fim de incrementar uma fatia de 1,5 a 3% na participação da produção de etanol argentino.
Recentemente o país aprovou uma mistura de 12% de etanol na gasolina. Atualmente, a maior parte do etanol do país é produzida em cinco usinas de milho, que correspondem a 60% da produção e nove usinas de açúcar derivado de cana, com 40% da produção do biocombustível no país.
A estimativa é que o projeto, que levará 10 anos para começar, vá alocar entre 100 e 200 milhões de litros de vinho por ano para produzir etanol.
X