Aquífero Guarani será preservado pelo Mercosul

Os países do Mercosul lançaram em maio, no Uruguai, o projeto Sistema Aquífero Guarani – SAG para melhor utilizar e preservar a reserva subterrânea de água doce da região, considerada uma das maiores do mundo. Os governos do bloco estabeleceram normas para a extração da água e coordenaram políticas para prevenir sua contaminação.

De acordo com o boletim da União da Agroindústria Canavieira de São Paulo-Unica, o projeto custará US$ 26,7 milhões.

A Holanda, a Alemanha, o Organismo Internacional de Energia Atômica, o Banco Mundial – Bird e a Organização de Estados Americanos – OEA também vão financiar o projeto.

X