Aos 66 anos, falece José Roberto Martinelli, sócio-diretor da Caldema

José Roberto Martinelli
José Roberto Martinelli

Foi enterrado na manhã de hoje (25) o corpo do sócio-diretor da Caldema, José Roberto Martinelli, que faleceu ontem aos 66 anos. O empresário, natural de Sertãozinho (SP), foi uma das personalidades mais emblemáticas da área industrial do setor sucroenergético.

O presidente da ProCana e do Pró-Usinas, Josias Messias, lamenta o ocorrido. “Foi uma grande perda. José Roberto, era um profissional singular. Minha experiência no setor foi marcada por ele, pois foi meu primeiro cliente no período em que atuei como vendedor do JornalCana em 1988, antes de me tornar proprietário da empresa. Era um homem generoso que apostou em meu potencial iniciante à época e fechou comigo o contrato de um anuncio publicitário, porque percebeu em determinado momento de nossa conversa, que eu estava usando uma meia furada na lateral”, relembra Messias.

De acordo com relatos publicados no livro “O estilo Biagi de criar negócios” de Maria Lúcia Doretto, Martinelli iniciou sua carreira aos 14 anos em uma serralheria. Depois entrou no convênio Senai/Zanini e cursou Administração de Empresas. Desenvolveu seu trabalho por anos na antiga Zanini.

Em 1975, quando foi instituído o Proálcool, foi nomeado por Luiz Biagi, coordenador do programa, trabalhando com ele de 1976 até 1981. De lá passou pela Dedini até chegar à Caldema em 1986.

Apesar de sua formação em administração, sua expertise estava nas vendas. Área em que constantemente apregoava aos seus colaboradores o seguinte bordão: “se não vender nada acontece”.

X