Andinos pesquisarão “El Niño”

A Comunidade Andina das Nações (CAN) terá um escritório regional em Guayaquil, no Equador, para estudo e acompanhamento do fenômeno conhecido como “El Niño”. A abertura desse escritório foi acertada em reunião de especialistas em meteorologia e conta com a aprovação da Corporação Andina de Fomento (CAF), informou a agência EFE. O fenômeno El Niño, corrente de água quente que vem da zona central do oceano Pacífico e origina graves secas e inundação em terra firme, encontra-se em formação desde maio na costa peruana. (Gazeta Mercantil)

Andinos pesquisarão “El Niño”

A Comunidade Andina das Nações (CAN) terá um escritório regional em Guayaquil, no Equador, para estudo e acompanhamento do fenômeno conhecido como “El Niño”. A abertura desse escritório foi acertada em reunião de especialistas em meteorologia e conta com a aprovação da Corporação Andina de Fomento (CAF), informou a agência EFE. O fenômeno El Niño, corrente de água quente que vem da zona central do oceano Pacífico e origina graves secas e inundação em terra firme, encontra-se em formação desde maio na costa peruana. (Gazeta Mercantil)

X