Álcool deve ficar mais competitivo ante gasolina

A queda de preços do álcool hidratado atinge R$ 0,30 por litro nas usinas paulistas desde o início de abril.

No período, o recuo foi de R$ 0,20 por litro nos postos do Estado. Com isso, o combustível derivado da cana ainda deve recuar de 5% a 6% nos postos de São Paulo.

Os dados são de Julio Maria Borges, sócio-diretor da consultoria JOB Economia e Planejamento. Ele tomou como referência dados da própria JOB e da ANP (Agência Nacional do Petróleo).

Esse potencial de queda de R$ 0,10 por litro nas próximas semanas deve levar o preço do álcool a apenas 62% do valor da gasolina, cuja paridade está em 66% atualmente.

Pesquisas indicam que em 70% –ou abaixo desse percentual– o álcool é mais competitivo ante a gasolina.

Essa redução vai incentivar o consumo, elevando a demanda por etanol hidratado, segundo ele.

Na avaliação de Borges, a puxada de consumo vai ser tão forte no período de moagem, e de preços menores, que a produção do ano não vai garantir toda a demanda.

Mais uma vez será uma entressafra de oferta menor e preços mais aquecidos.

Esse cenário não será por falta de produção, já que as usinas colocarão 25,8 bilhões de litros no mercado nesta safra 2013/14. Esse volume supera em 4,4 bilhões a oferta registrada na safra 2012/13.

Borges diz que os preços ficarão bem atrativos aos consumidores no período de aceleração da moagem, fazendo com que o álcool volte a ter a preferência do usuário.

Além da maior preferência do consumidor, o mercado exigirá uma demanda maior do álcool devido ao aumento da participação dos carros flex na frota nacional.

Pesquisa da Folha feita em 50 postos da capital paulista indica que o preço médio do etanol estava em R$ 1,811 por litro na semana passada.

Com base nessa pesquisa, o valor do etanol significa 65,6% do preço médio da gasolina nos postos da capital paulista, que era de R$ 2,76. O álcool teve queda acumulada próxima de 10% nos últimos 30 dias em São Paulo.

A pesquisa do Cepea (Centros de Estudos Avançados em Economia Aplicada) indicou que o preço médio da semana passada foi de R$ 1,3094 para o álcool anidro nas usinas paulistas. O hidratado foi vendido a R$ 1,1141.

X