Alckmin quer aeroporto internacional em Ribeirão Preto (SP)

O Governo do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin quer que o Aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto (SP), passe a receber vôos internacionais. A habilitação do aeroporto para o tráfego aéreo internacional de cargas foi pleiteada pelo governador por meio de um ofício encaminhado ao diretor geral do Departamento de Aviação Civil — DAC, Major-Brigadeiro-do-Ar Venâncio Grossi.

Segundo o documento, mais de R$ 5 milhões já foram aplicados na recuperação e ampliação do aeroporto, incluindo sistema de pistas e pátios, terminal de passageiros e dispositivos de segurança.

Estudos desenvolvidos pela Secretaria dos Transportes do Estado indicam que as atuais condições de infra-estrutura permitem “efetiva exploração de serviços de carga aérea internacional” no aeroporto de Ribeirão Preto, aponta o ofício. O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo — AESP, autarquia vinculada à Secretaria dos Transportes e que administra o aeroporto, se responsabilizará pela coordenação da rotina operacional e administrativa, visando compatibilizar as atividades dos órgãos federais envolvidos.

Ao mesmo tempo, o governador autorizou o DAESP a realizar uma licitação, dentro de dois meses, para a construção de um recinto alfandegado no aeroporto, custeado pela iniciativa privada. A estimativa do investimento é da ordem de R$ 1,5 milhão.

Leite Lopes é o terceiro maior do Estado – O Leite Lopes é considerado, atualmente, o terceiro maior aeroporto em movimento de passageiros no Estado de São Paulo, ficando atrás apenas dos aeroportos de Congonhas e Guarulhos (Cumbica). Em 2001, movimentou cerca de 3 mil toneladas de cargas, sendo 2 mil toneladas de correio. Na movimentação de passageiros, entre embarque e desembarque, foram registrados 414 mil pessoas. Em relação à movimentação de aeronaves, o DAESP acumulou cerca de 35 mil operações de vôo.

X