Agrocana apresenta tecnologia da agricultura canavieira

“Esta é a Feira do produtor de cana, com produtos, equipamentos e temas exclusivamente de interesse para quem faz o preparo do solo, planta, realiza os tratos culturais e colhe cana-de-açúcar”, afirma Antônio Tonielo, presidente da Agrocana e da Copercana, entidade que apóia a Feira.

A 1a edição da Feira de Negócios e Tecnologia da Agricultura da Cana-de-Açúcar, que acontece de 24 a 27 de junho em Sertãozinho (SP), vai apresentar lançamentos, novidades, informações e toda a tecnologia à disposição da agricultura da cana em quase 100 estandes e dinâmicas de campo.

Segundo a assessoria de imprensa da Feira, os visitantes poderão participar do simpósio de inovações da Stab, encontro político e muitos negócios na Bolsa de Mercadorias da Copercana.

Manoel Ortolan, presidente da Canaoeste, explica que o evento foi bem preparado e organizado e irá refletir a força e o potencial do segmento sucroalcooleiro.

A expectativa dos organizadores é atrair cerca de 12 mil visitantes à Feira, principalmente técnicos que trabalham na área agrícola das usinas e pequenos, médios e grandes produtores.

“As principais empresas fornecedoras de equipamentos, produtos e serviços para a agricultura da cana vão estar presentes, mostrando tudo aquilo que pode melhorar a produtividade no canavial, do plantio ao transporte”, diz Augusto Balieiro, diretor da promotora Multiplus.

Mário Garrefa, presidente do Ceise – entidade realizadora da Feira, acredita que a Agrocana gere negócios na ordem de R$ 80 milhões.

Agrocana apresenta tecnologia da agricultura canavieira

“Esta é a Feira do produtor de cana, com produtos, equipamentos e temas exclusivamente de interesse para quem faz o preparo do solo, planta, realiza os tratos culturais e colhe cana-de-açúcar”, afirma Antônio Tonielo, presidente da Agrocana e da Copercana, entidade que apóia a Feira.

A 1a edição da Feira de Negócios e Tecnologia da Agricultura da Cana-de-Açúcar, que acontece de 24 a 27 de junho em Sertãozinho (SP), vai apresentar lançamentos, novidades, informações e toda a tecnologia à disposição da agricultura da cana em quase 100 estandes e dinâmicas de campo.

Segundo a assessoria de imprensa da Feira, os visitantes poderão participar do simpósio de inovações da Stab, encontro político e muitos negócios na Bolsa de Mercadorias da Copercana.

Manoel Ortolan, presidente da Canaoeste, explica que o evento foi bem preparado e organizado e irá refletir a força e o potencial do segmento sucroalcooleiro.

A expectativa dos organizadores é atrair cerca de 12 mil visitantes à Feira, principalmente técnicos que trabalham na área agrícola das usinas e pequenos, médios e grandes produtores.

“As principais empresas fornecedoras de equipamentos, produtos e serviços para a agricultura da cana vão estar presentes, mostrando tudo aquilo que pode melhorar a produtividade no canavial, do plantio ao transporte”, diz Augusto Balieiro, diretor da promotora Multiplus.

Mário Garrefa, presidente do Ceise – entidade realizadora da Feira, acredita que a Agrocana gere negócios na ordem de R$ 80 milhões.

X