Agricultura é alternativa para combustível

Chegou a hora do Brasil apostar em fontes alternativas de combustível e a saída será na agricultura. É o momento do país repensar buscar novas opções para a energia de combustão. E entre as alternativas, o álcool, resíduos vegetais, lixo, caroço de algodão ou semente de girassol.

“A energia fóssil do petróleo é finita. A Petrobrás tem petróleo para mais doze anos e a exploração de gás por mais 40 anos”, prevê o engenheiro agrônomo Luiz Antonio Rossafa, momentos antes de proferir uma palestra sobre o assunto no recinto de leilões da Expoingá.

Ele fez um histórico da exploração do petróleo e antecipou que em 2010 o mundo atingirá o pico da exploração das reservas existentes. Logo, todos estão na busca de um componente novo, descartando a energia elétrica, mas uma alternativa na energia de combustão.

O Brasil, redirecionando seus investimento em outras fontes de combustíveis, poderá deixar a condição de importador para exportador. Um exemplo claro, dito por Rossafa, é a questão do óleo diesel. O país vai consumir este ano, 35 bilhões de litros, sendo que importamos 30% desse total.

X