Agricultores financiam 60% da produção

Crédito bancário não passa de 15%. Dos R$ 50 bilhões aplicados pelo setor agropecuário no custeio da última safra agropecuária apenas 28%, ou R$ 14 bilhões, passaram por financiamento bancário. A informação é do diretor de agronegócio do Banco do Brasil (BB), Biramar Nunes de Lima. Segundo ele, 12% do crédito de custeio é financiado pelos fornecedores de insumos e por tradings e 60% do capital de giro representa recursos próprios dos produtores. “Boa parte dos agricultores está bem capitalizada”, disse Lima. Os recursos gastos para tocar a safra proporcionaram ao setor um faturamento, “até a porteira da fazenda”, de R$ 96 bilhões. Isso significa que o crédito bancário para custeio da safra equivale a 14,6% do valor da produção, percentual bastante inferior aos registrados nos anos 70 e 80 e muito menor do que os índices de países agrícolas mais ricos, onde o financiamento supera 60% do valor da produção. (Gazeta Mercantil)

X