Açúcar moçambicano exportado para os países da União Europeia

O Centro de Promoção da Agricultura (Cepagri) de Moçambique informou sexta-feira em Maputo que todas as exportações de açúcar efectuadas tiveram como destino os mercados preferenciais da União Europeia.

De acordo com o Cepagri, 8.083 toneladas seguiram para os países da União Europeia no âmbito da iniciativa “Tudo menos armas” (EBA, na sigla em inglês), 6.391 toneladas no ambito do Protocolo do Açúcar e 44.623 toneladas no contexto das Quotas Complementares.

O jornal Notícias, de Maputo, que cita o Cepagri, diz que se a previsão de exportar 175.185 toneladas de açúcar se concretizar, Moçambique obterá uma receita estimada em 96 milhões de dólares.

A maior parte das exportações deste ano será destinada aos mercados preferenciais, para onde deverão ser exportadas 106.685 toneladas de açúcar amarelo, com 65.800 toneladas destinadas ao mercado internacional livre.

Relativamente a este mercado, depois da recuperação dos preços de açúcar verificada no primeiro trimestre, os mesmos voltaram a cair nos dois primeiros meses do segundo trimestre, para depois mostrarem um sinal de recuperação no último mês do trimestre.

Com efeito, os preços baixaram de 281 dólares por tonelada em Março para 224 dólares em Maio, seguindo-se uma pequena subida em Junho, atingindo 236 dólares por tonelada.

X