Açúcar Guarani é registrada como produtora independente

Para fins de regularização, a empresa Açúcar Guarani foi autorizada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) a se estabelecer como produtora independente de energia, mediante a exploração da termelétrica Guarani – Cruz Alta, com 8 MW de capacidade instalada, localizada em Olímpia (SP).De acordo com a resolução nº 401 do órgão regulador, publicada no Diário Oficial de 31 de julho, a companhia também foi autorizada a ampliar a potência da central térmica. A instalação de um turbogerador a vapor de 22 MW, somada às duas unidades já existentes, aumentarão para 30 MW a potência da usina.

Conforme o cronograma apresentado à Aneel, a ampliação da termelétrica Guarani – Cruz Alta deverá ser concluída até 1º de setembro deste ano. Da subestação existente na usina sairá uma linha aérea de transmissão em 138 kV, com extensão de aproximadamente seis quilômetros até a sua conexão com a LT Barretos II-São José do Rio Preto, da CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz). (Canal Energia)

X