Açúcar: EUA suspendem taxas, mas limitam volume comprado do México

workers-sit-next-to-bags-containing-sugar-at-the-san-francisco-ameca-sugar-factory-in-the-town-of-ameca-jalisco-february-18-2011-reutersalejandro-acostaOs Estados Unidos irão suspender as taxas que incidem sobre o açúcar importado do México. Uma cotação mínima, contudo, será estabelecida para “proteger” o produto norte-americano de eventuais oscilações de preço, informou o Departamento de Comércio dos EUA na última sexta-feira (19/12).

A medida, contudo, inclui também um limite para a quantidade de açúcar que o México pode enviar ao seu vizinho. “Com uma canetada, esse acordo desmantela o livre comércio de açúcar que havia entre Estados Unidos e México e mina os fundamentos do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta)”, criticou a Associação dos Consumidores de Açúcar, em comunicado.

As taxas sobre importações foram aplicadas em agosto, depois que produtores norte-americanos alegaram que o açúcar mexicano, mais barato, havia “inundado” o mercado e afetado os preços das cotações internas. Os Estados Unidos são o quarto maior consumidor mundial de açúcar, sendo que 25% de toda demanda doméstica é proveniente de importações.

(Fonte: Estadão Conteúdo)

X