Açúcar e álcool impulsionam vendas de máquinas agrícolas

A expansão do setor sucroalcooleiro está dando impulso às vendas de máquinas agrícolas no país. Nos últimos meses, por conta da crise dos grãos, o segmento de máquinas registrou queda nas vendas e viu seu faturamento ser comprometido. O açúcar e o álcool têm ajudado o setor a recuperar os seus negócios.

Josias Messias, presidente da Procana Informações & Eventos, diz que a compra de máquinas agrícolas faz parte da segunda fase de expansão do setor. Em sua primeira etapa, o setor sucroalcooleiro estava preocupado em adquirir terras, por meio de arrendamentos, e comprar equipamentos mais pesados para as indústrias.

Segundo levantamento do Procana, as usinas investem cerca de R$ 1,5 bilhão por ano na área agrícola. Deste total, um terço, ou cerca de R$ 500 milhões, devem ser destinados à aquisição de máquinas agrícolas.

Nesses últimos, as usinas têm trabalhado com sua frota mais antiga. Agora, com a expansão, tratam de fazer a renovação desta frota para fazer frente aos pesados investimentos que têm realizado.

As usinas Colombo, Dedini e São Martinho adquiriram recentemente máquinas agrícolas como estratégia para a renovação de sua frota. A usina Colombo comprou 81 tratores da Valtra. Paulo Beraldi, gerente comercial da Valtra, controlada pela americana AGCO, diz que as aquisições ganharam impulso desde o ano passado. As novas máquinas adquiridas pela Colombo serão usadas na renovação dos canaviais e expansão da área agrícola. O grupo pretende construir três novas usinas, segundo uma fonte da empresa. A usina pretende voltar a fazer novas compras quando as novas unidades entrarem em operação.

O grupo São Martinho, de Pradópolis (SP), adquiriu máquinas em dezembro, um negócio equivalente a R$ 20 milhões. A usina São Luiz, do grupo Dedini, adquiriu recentemente 18 tratores da John Deere. O grupo está modernizando e aumentando a frota para cumprir seu plano de expansão da produção. A usina moeu 4,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na última safra e pretende atingir 5,1 milhões de toneladas na safra 2006/07, e atingir 6 milhões em 2008/09, segundo Antonio Zampar, diretor da usina.

X