Açúcar: Diminui vantagem paulista sobre exportação

Enquanto os preços do açúcar cristal seguem queda no mercado spot paulista, os valores externos da commodity estão em alta. Esse cenário reduziu a vantagem da venda do cristal no spot paulista frente às exportações para menos da metade do verificado na semana anterior.

Cálculos do Cepea mostram que, de 14 a 18 de março, o açúcar cristal no spot paulista proporcionou rendimento 4,48% maior que a exportação – na semana anterior, a vantagem era de 10%.

Enquanto a média semanal do Indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ foi de R$ 77,06/sc, as cotações do contrato nº 11 da ICE Futures, com vencimento em Maio/16, equivaleriam a R$ 73,76/sc.

Para esse cálculo, foram consideradas as médias semanais de US$ 52,07/t de fobização, de US$ 80,59/t de prêmio de qualidade e dólar a R$ 3,677.

No spot paulista, a pressão vem, principalmente, do início antecipado da moagem da safra 2015/16 por parte de algumas usinas paulistas.

Já no mercado internacional, os valores são impulsionados pela menor produção mundial de açúcar, em decorrência de problemas climáticos enfrentados principalmente por países asiáticos.

X