Acionistas da São Martinho aprovam aumento do capital social em R$ 147,3 milhões

O capital social da companhia sucroenergética São Martinho é ampliado em R$ 147,3 milhões. O aumento foi aprovado pelos acionistas em caráter extraordinário durante assembleia realizada em 27/07 na sede da empresa, em Pradópolis (SP), onde fica a Usina São Martinho, uma das quatro unidades produtoras controladas pela companhia.

Com o aumento de R$ 147,3 milhões, o capital social da São Martinho passa de R$ 1,549 bilhão R$ 1,696,6 bilhão.

Conforme a deliberação dos acionistas, o aumento do capital social em R$ 147,3 milhões está definido sem a emissão de novas ações ordinárias nominativas e sem valor nominal.

O aumento, conforme os acionistas, será integralizado mediante a capitalização de Reserva de Investimentos com
base em Orçamento de Capital que já foi integralmente utilizado dentro do plano de investimento do exercício
anterior.

A assembleia na qual foi definido o aumento do capital social foi presidida por João Guilherme Sabino.

Leia também:

Especialistas falam sobre oportunidades e estratégias para garantir a rentabilidade das usinas

Conselho 

Na mesma assembleia que definiu o aumento do capital social, os acionistas da São Martinho decidiram os nomes dos membros do Conselho de Administração da companhia.

Eleitos por mandato de dois anos, são eles:

1 – Marcelo Campos Ometto, administrador de empresa, presidente

2 – João Guilherme Sabino Ometto, engenheiro mecânico, vice-presidente

3 – Guilherme Fontes Ribeiro, administrador de empresas, conselheiro

4 – Maurício Krug Ometto, administrador de empresas, conselheiro

5 – Nelson Marques Ferreira Ometto, administrador de empresas, conselheiro

6 – Murilo Cesar Lemos dos Santos Passos, engenheiro químico, conselheiro

7 – João Carlos Costa Brega, administrador de empresas, conselheiro

Contatos com o autor deste conteúdo: delcymack@procana.com.br.

 

 

X