Abraceel altera estatuto para abrigar novos sócios

As comercializadoras de energia que formam a Associação Brasileira das Comercializadoras de Energia Elétrica (Abraceel) aprovaram, na semana passada, uma alteração no estatuto social que indica uma forte mudança da estratégia de negócios dessas empresas. A partir de agora, comercializadoras de etanol, gás e créditos de carbono podem fazer parte da associação, que vai permanecer com a mesma sigla Abraceel e perder somente a nomenclatura “elétrica”.

O presidente da associação, Paulo Pedrosa, diz que desde o início do ano diversas alterações importantes foram feitas na entidade. Foi criado um código de ética e com isso caminha para passar a certificar todas as comercializadoras de energia.

A possibilidade de que comercializadoras de etanol e gás façam parte da associação foi reivindicação dos próprios associados que hoje estão partindo para a comercialização de novos produtos. A D! elta Energia já negocia etanol e a comercializadora da EDP tem intenções de também atuar no mercado de álcool. A Coomex e Cemig querem atuar no setor de gás. “Muitos desafios já vividos pelo setor elétrico serão agora enfrentados por esses setores”, diz Pedrosa. “Por isso faz todo sentido abrimos a associação para esses comercializadores.”

Na parte de comercialização de créditos de carbono, o setor vê sinergia grande com os grandes projetos hidrelétricos. (JG)

X