47 usinas têm atividades prejudicadas com os protestos dos caminhoneiros

Foto: Agência Brasil/Divulgação

Em nota divulgada na tarde de quinta-feira (24/05), a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) informa que ao menos 47 usinas nos Estados de Minas Gerais, Paraná e São Paulo estão com as atividades de colheita de cana ou de produção e vendas de açúcar e etanol prejudicadas pelos protestos de caminhoneiros em todo o Brasil.

Os protestos reduziram a oferta de combustíveis, afirmou a associação.

Segundo a Unica, 34 usinas mineiras suspenderam as vendas de etanol, três paranaenses reduziram as operações de produção e dez paulistas estão paradas sem produzir nem vender.

Em nota, a Unica disse que “o transporte rodoviário de cana, bem como a distribuição de açúcar e etanol, está parado em algumas regiões pelos bloqueios nas estradas e pela falta de abastecimento de diesel nos caminhões”.

 

 

X