2 térmicas de biomassa da cana têm sinal verde para entrar em operação

2012-06-01 Bagaço Esteira Usina Cerradinho Bio (9)A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou oficialmente nesta segunda-feira (08/08) a exploração de duas usinas termelétricas (UTEs) movidas a biomassa da cana-de-açúcar.

Segundo o diretor geral da agência reguladora, Romeu Donizete Rufino, estão liberadas para exploração a Usina Termelétrica Goioerê, controlada pela companhia sucroenergética Usina de Açúcar e Álcool Goioerê Ltda., e a Usina Termelétrica Caramuru Itumbiara, da Caramuru Alimentos S.A.

Segundo a outorga de autorização, divulgada anteriormente pelo Portal JornalCana, a UTE Caramuru Itumbiara está localizada no município de Itumbiara (GO) e tem tem aval para ter 8,5 megawatts (MW) de potência instalada e 8 MW de potência líquida. O combustível para a produção de eletricidade é o bagaço da cana-de-açúcar.

Leia também: Gigante da soja tem sinal verde para produzir energia da cana 

Já a UTE Goioerê está localizada no município de Moreira Sales (PR) e tem controle da companhia sucroenergética Goioerê.

Conforme o Portal JornalCana já tinha divulgado, a outorga da Aneel libera potência instalada de 15 megawatts (MW) para a UTE. A potência líquida é de 3,6 MW.

Leia também: Usina do Paraná é autorizada a explorar UTE

A UTE, segundo a outorga, atuará como Produtor Independente de Energia (PIE).

Conforme o relator do processo, André Pepitone da Nóbrega, foi estabelecido em 50% o percentual de redução a ser aplicado à Tarifa de Uso do Sistema de Transmissão (TUST) e à Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD).

 

 

X