10 explicações sobre o aumento de capital da Cosan Logística

Ometto: aumento de capital para investir na Rumo
Ometto: aumento de capital para investir na Rumo

A Cosan Logística S/A, pertencente a Cosan e dona de 26,26% da Rumo Logística, acaba de obter aprovação de aumento do capital social.

A aprovação foi em assembleia presidida por Rubens Ometto Silveira Mello, também presidente do Conselho de Administração da Cosan Logística.

Confira 10 explicações sobre a operação:

1

Aumento do capital social e quantidade de ações a serem emitidas: o aumento de capital será realizado mediante a emissão, para subscrição privada, de 1.054.545.455 ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal (“Ações”), ao preço de emissão de R$ 0,55 por ação ordinária, resultando em um aumento de R$ 580 milhões do capital social da Companhia

2

Após o Aumento de Capital, o capital social da Companhia passará de R$ 940,7 milhões para R$ 1,5 bilhão, dividido em 1.460.402.269 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal.

3

A acionista Cosan Limited comprometeu-se a aportar até a totalidade do Aumento de Capital, no exercício de seu direito de preferência, na subscrição de sobras e por fim no leilão de sobras, se houver, a fim de garantir a homologação total do Aumento d

3

O preço de emissão das ações emitidas no Aumento de Capital é de R$ 0,55) por ação.

4

O Preço de Emissão foi fixado com base no inciso III do Artigo 170, §1º da Lei das Sociedades por Ações, levando-se em consideração a média ponderada da cotação das ações de emissão da Companhia na BM&FBOVESPA nos 30 últimos pregões anteriores a 24 de fevereiro de 2016 (inclusive), data de divulgação da proposta do Aumento de Capital.

5

Razões do Aumento de Capital: o aumento de capital da Companhia visa a fazer frente ao compromisso assumido pela Companhia de aportar, no mínimo, R$ 500 milhões em capitalização que vem sendo estruturada pela administração de sua investida, Rumo Logística Operadora Multimodal S.A., conforme aprovado em Reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada em 18 de fevereiro de 2016.

6

O Aumento de Capital tem por objetivo incentivar as estratégias de financiamento e investimento da Rumo para que esta possa superar a atual situação econômico-financeira que enfrenta, sociedade na qual a Companhia detém participação acionária de 26,26%.

7

As ações a serem emitidas no âmbito do Aumento de Capital farão jus, em igualdade de condições com as já existentes, a todos os direitos concedidos a estas, incluindo dividendos, juros sobre o capital próprio e eventuais remunerações de capital que vierem a ser declarados pela Companhia após a homologação do Aumento de Capital.

7

Observados os procedimentos estabelecidos pela Itaú Corretora de Valores S.A., agente escriturador das ações de emissão da Companhia, e pela BM&FBovespa S.A., será assegurado aos acionistas da Companhia direito de preferência para subscrição das novas ações emitidas no Aumento de Capital, na proporção da quantidade de ações ordinárias de que eram titulares no dia 14 de março de 2016, data de aprovação do Aumento de Capital pela Assembleia Geral.

9

Dessa forma, cada uma ação ordinária conferirá ao seu titular o direito à subscrição de 2,629991077071 novas ações ordinárias. O direito de preferência deverá ser exercido durante o prazo de 30 dias contados a partir da divulgação deste Aviso aos Acionistas, iniciando-se no dia 16 de março de 2016 e encerrando-se em 14 de abril de 2016 (inclusive), por meio da celebração de boletim de subscrição a ser colocado à disposição dos senhores acionistas pelo agente escriturador.

10

O percentual de diluição para os acionistas que não subscreverem nenhuma ação durante o período para exercício de direito de preferência do Aumento de Capital será de 72,2092451775%.

 

X